Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar Cancelar
Out of stock!
Insira seu e-mail para ser informado quando este produto chegar:
Enviar Fechar
A querela do estatismo (3ª edição revisada e ampliada)

A querela do estatismo (3ª edição revisada e ampliada)

- Editora:  Távola
- Autor:  Antonio Paim
- Categorias: Ofertas Livraria Mises / Até 25%
- Disponibilidade: Em estoque
R$ 49,90 R$ 38,42 (-23%)
Qtd:

Descrição

Ao invés, portanto, de aglutinar os interesses dessa ou daquela classe, o Estado achava-se a serviço de si mesmo, tendo se tornado, inquestionavelmente, mais forte que a sociedade. O grande mérito de Faoro consiste em haver chamado a atenção para a importância da tradição cultural no adequado entendimento do processo histórico e, ao mesmo tempo, em ter recorrido à inspiração de Max Weber, abandonando as fastidiosas análises de cunho positivista-marxista, que se tornaram a nota dominante na abordagem da nossa realidade político-social neste
pós-guerra. Vê-se que, em mãos de Faoro, a doutrina weberiana do Estado Patrimonial transformou-se numa espécie de determinismo histórico, o que se não o leva a capitular diante do marxismo pelo menos o tem habilitado a circular livremente no seio da autodenominada “esquerda”, pois a libera de reconhecer o papel que de fato exerce, de caudatária do patrimonialismo, além de ali- mentar a sua fogueira com a retórica do conceito vago e impreciso de “classe dominante”. Essa aversão ao lucro e à riqueza deixou marcas profundas em nossa cultura e trouxe algumas conseqüências de que não conseguimos até hoje nos livrar.

(Antonio Paim, em trechos deste livro)

SOBRE O AUTOR:

Professor Antonio Paim nasceu no Estado da Bahia em 1927. Filósofo de formação, concluiu seus estudos, durante os anos 50, na Universidade Lomonosov, em Moscou, e na Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro. Durante os anos de residência em Moscou, aprofundou seu conhecimento teórico sobre o marxismo e conheceu-lhe as práticas, na versão soviética, militante que era, então, do Partido Comunista Brasileiro. Com o posterior alargamento dos horizontese interesses intelectuais, assim como a experiência prática vivida, veio a inevitável ruptura, acabando por tornar-se um dos mais fecundos estudiosos da história política brasileira e do pensamento filosófico luso-brasileiro, assim como, vigoroso defensor dos fundamentos da democracia representativa e liberal.



Ficha Técnica:

Número de Páginas: 236
Editora: Távola
Idioma: Português
ISBN: 9788560381012
Dimensões do Livro: 14 x 21 cm.